Nome  :

Marcela Chamaemelum nobile

Família:

Asteraceae


Origem: Europa Ocidental

Outro nome científico: Anthemis nobilis

Outros nomes populares: camomila-de-paris, camomila-romana, falsa-camomila, macela, mançanela, chamomile (inglês), roman chamomile (inglês), camonila común (espanhol), mazanilla romana (espanhol).

Características botânicas: planta herbácea, perene, de aspecto verde-esbranquiçado e altura entre 7-30 cm. Caules prostrados ou eretos e flores amarelas que florescem entre junho-setembro. Apresenta cheiro penetrante e sabor amargo. Com um aspecto muito diferente da camomila, os caules desta planta, primeiro prostrados, erguem-se seguidamente, formando numerosas ramificações que se dispõem sem rigidez e terminam em capítulos solitários brancos, muito odoríferos.

Cultivo-Solo/Clima: muito resistente e pouco exigente em relação ao solo e à água. Pode ser plantada em canteiros como forma de forração. Reproduz-se por sementes e divisão de touceiras.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: utilizada para tratamento de cefaleia, cólica, conjuntivite, depressão, digestão, dor, irritabilidade e nervosismo. O talo e as extremidades floridas são usados secos ou frescos em infusão, aromática e ligeiramente amarga. É confundida muitas vezes com a macela alemã, Matricaria chamomilla. O óleo essencial é empregado em aromaterapia, e a infusão das flores é aplicada no cabelo para incrementar sua cor dourada, em especial nas crianças. Tal propriedade é inclusive aproveitada na composição de xampus e outros preparados para cabelo.

Partes usadas: folhas e flores.


 

Nunca use ervas medicinais sem orientação de
um médico ou fitoterapeuta.

Siga a Sabor

Fale conosco:  (11) 2631.4915

ATENDIMENTO:
Segunda: 13h às 17h
Terça a Sábado: 8h às 17h