Nome  :

Boldo africano Plectranthus barbatus

Família:

Lamiaceae


Origem: Índia

Outros nomes populares: boldo africano, boldo da terra, boldo de jardim, boldo do reino, falso boldo, malva santa, indian coleus (inglês), boldo brasilero (espanhol), boldo de la índia (espanhol), coleus (espanhol).

Características botânicas: herbácea ou subarbustiva, aromática e perene. Atinge em torno de 1,5 m de altura, sendo pouco ramificada.

Cultivo-Solo/Clima: pode ser plantado em todas as regiões do Brasil, sendo somente sensível à geada. É bem resistente a pragas e doenças. Seis meses após o plantio a colheita já pode ser iniciada. Para se ter uma planta volumosa é aconselhável à poda das inflorescências um pouco antes da colheita. A propagação é feita por estaquia.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: a maceração das folhas é um tônico amargo que facilita o trabalho da vesícula biliar estimulando a secreção da bílis, favorecendo a digestão de gorduras, porém se tomado em exagero ou se o uso for prolongado, pode causar irritação gástrica. Se tomado em exagero ou usado prolongadamente, pode ser tóxico e causar irritação no tubo digestivo.

Partes usadas: folhas.
*O nome popular “boldo” é utilizado para denominar diversas plantas. O verdadeiro boldo (Peumus boldus ) é uma pequena árvore do Chile, qual possui aroma de mastruço (Chenopodium ambrosioides ), suas folhas são encontradas no comércio, porém não são cultivadas no Brasil. Existe ainda o falso boldo ou boldo-grande (Plectranthus grandis), muito parecido com o P. barbatus do qual difere por ter os talos e as folhas igualmente amargas e, o boldo-miúdo ou boldo-gambá (Plectranthus neochilus). Outra planta denominada boldo usada é a Vernonia condensata da família Compositae, conhecida também por alumã ou macelão (Lorenzi & Matos 2002).


 

Nunca use ervas medicinais sem orientação de
um médico ou fitoterapeuta.

Siga a Sabor

Fale conosco:  (11) 2631.4915

ATENDIMENTO:
Segunda: 13h às 17h
Terça a Sábado: 8h às 17h